O modo de vida democrático e sua responsabilidade social perante os direitos humanos

Rita Pimenta, Alexandre Campelo

Resumen


O presente ensaio objetiva discutir a relaçao entre a democracia compreendida como um modo de vida e os direitos humanos. Encontra-se neste texto um inventário de algumas das principais premissas que explicam o credo democrático deweyano. Associamos a esse inventário nossa interpretaçao sobre a força significativa da democracia deweyana para a consecuçao de uma reflexao sobre os direitos humanos. Sob condiçoes de vidas marcadas pela coerçao, os direitos humanos nao passam de meras concessoes. No modo de vida democrático os direitos humanos estao resguardados desde o início, pois, neste modo de vida, as pessoas empreenderao continuamente um esforço moral de nao se deixarem seduzir pelo poder que sujeita uns homens sobre os outros.

Palabras clave


Democracia; direitos humanos; educaçao; inteligencia; moral

Texto completo:

PDF

Referencias


ABBAGNANO, Nicola. Dicionário de filosofia. 4ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

ALLPORT, Gordon W. Dewey’s individual and social psychology. En SCHILPP, Paul Arthur; HAHN, Lewis Edwin (orgs.). The philosophy of John Dewey. The Library of Living Philosophers, vol. 1. 3. ed. Carbondale: Southern Illinois University, 1989.

DEWEY, John. Democracia e educação: introdução à filosofia da educação. Tradução Godofredo Rangel e Anísio Teixeira. 3. ed. São Paulo: Nacional, 1959.

DEWEY, John. Logic: the theory of inquiry. Nova York: Henry Holt, 1938.

EDMAN, Irwin. John Dewey: sua contribuição para a tradição americana. Tradução Stella C. L. Tostes. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1960.

DEBORD, Guy. A Sociedade do Espetáculo. Tradução Estela dos Santos Abreu. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997.

PIMENTA, Rita. [Rita de Cássia Pimenta de Araújo]. Lógica, investigação e democracia no discurso educacional de John Dewey. 2008. 180 f. Tese (Doutorado em Educação). Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Faculdade de Ciência e Letras,Campus de Araraquara, SP, 2008.

SHOOK, John R. Os pioneiros do pragmatismo americano. Tradução Fábio M. Said. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.




DOI: https://doi.org/10.18172/brocar.3249

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2016 Rita Pimenta, Alexandre Campelo

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento 4.0 Internacional.

© Universidad de La Rioja, 2013

ISSN 1885-8309

EISSN 1885-8155